Salmos 132

1 Lembra-te, SENHOR, de Davi, e de todas as suas aflições.

2 Como jurou ao Senhor, e fez votos ao poderoso Deus de Jacó, dizendo:

3 Certamente que não entrarei na tenda de minha casa, nem subirei à minha cama,

4 Não darei sono aos meus olhos, nem repouso às minhas pálpebras,

5 Enquanto não achar lugar para o Senhor, uma morada para o poderoso Deus de Jacó.

6 Eis que ouvimos falar dela em Efrata, e a achamos no campo do bosque.

7 Entraremos nos seus tabernáculos; prostrar-nos-emos ante o escabelo de seus pés.

8 Levanta-te, Senhor, ao teu repouso, tu e a arca da tua força.

9 Vistam-se os teus sacerdotes de justiça, e alegrem-se os teus santos.

10 Por amor de Davi, teu servo, não faças virar o rosto do teu ungido.

11 O Senhor jurou com verdade a Davi, e não se apartará dela: Do fruto do teu ventre porei sobre o teu trono.

12 Se os teus filhos guardarem a minha aliança, e os meus testemunhos, que eu lhes hei de ensinar, também os seus filhos se assentarão perpetuamente no teu trono.

13 Porque o Senhor escolheu a Sião; desejou-a para a sua habitação, dizendo:

14 Este é o meu repouso para sempre; aqui habitarei, pois o desejei.

15 Abençoarei abundantemente o seu mantimento; fartarei de pão os seus necessitados.

16 Também vestirei os seus sacerdotes de salvação, e os seus santos saltarão de prazer.

17 Ali farei brotar a força de Davi; preparei uma lâmpada para o meu ungido.

18 Vestirei os seus inimigos de vergonha; mas sobre ele florescerá a sua coroa.

1 Canticum ascensionum.Memento, Domine, Davidet omnis mansuetudinis eius,

2 quia iuravit Domino,votum vovit Potenti Iacob:

3 " Non introibo in tabernaculum domus meae,non ascendam in lectum strati mei,

4 non dabo somnum oculis meiset palpebris meis dormitationem,

5 donec inveniam locum Domino,tabernaculum Potenti Iacob ".

6 Ecce audivimus eam esse in Ephratha,invenimus eam in campis Iaar.

7 Ingrediamur in tabernaculum eius,adoremus ad scabellum pedum eius. -

8 Surge, Domine, in requiem tuam,tu et arca fortitudinis tuae.

9 Sacerdotes tui induantur iustitiam,et sancti tui exsultent.

10 Propter David servum tuumnon avertas faciem christi tui.

11 Iuravit Dominus David veritatemet non recedet ab ea: De fructu ventris tuiponam super sedem tuam.

12 Si custodierint filii tui testamentum meumet testimonia mea, quae docebo eos,filii eorum usque in saeculumsedebunt super sedem tuam ".

13 Quoniam elegit Dominus Sion,desideravit eam in habitationem sibi:

14 " Haec requies mea in saeculum saeculi;hic habitabo, quoniam desideravi eam.

15 Cibaria eius benedicens benedicam,pauperes eius saturabo panibus.

16 Sacerdotes eius induam salutari,et sancti eius exsultatione exsultabunt.

17 Illic germinare faciam cornu David,parabo lucernam christo meo.

18 Inimicos eius induam confusione,super ipsum autem efflorebit diadema eius ".