Salmos 50

1 O Deus poderoso, o SENHOR, falou e chamou a terra desde o nascimento do sol até ao seu ocaso.

2 Desde Sião, a perfeição da formosura, resplandeceu Deus.

3 Virá o nosso Deus, e não se calará; um fogo se irá consumindo diante dele, e haverá grande tormenta ao redor dele.

4 Chamará os céus lá do alto, e a terra, para julgar o seu povo.

5 Ajuntai-me os meus santos, aqueles que fizeram comigo uma aliança com sacrifícios.

6 E os céus anunciarão a sua justiça; pois Deus mesmo é o Juiz. (Selá.)

7 Ouve, povo meu, e eu falarei; ó Israel, e eu protestarei contra ti: Sou Deus, sou o teu Deus.

8 Não te repreenderei pelos teus sacrifícios, ou holocaustos, que estão continuamente perante mim.

9 Da tua casa não tirarei bezerro, nem bodes dos teus currais.

10 Porque meu é todo animal da selva, e o gado sobre milhares de montanhas.

11 Conheço todas as aves dos montes; e minhas são todas as feras do campo.

12 Se eu tivesse fome, não to diria, pois meu é o mundo e toda a sua plenitude.

13 Comerei eu carne de touros? ou beberei sangue de bodes?

14 Oferece a Deus sacrifício de louvor, e paga ao Altíssimo os teus votos.

15 E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.

16 Mas ao ímpio diz Deus: Que fazes tu em recitar os meus estatutos, e em tomar a minha aliança na tua boca?

17 Visto que odeias a correção, e lanças as minhas palavras para detrás de ti.

18 Quando vês o ladrão, consentes com ele, e tens a tua parte com adúlteros.

19 Soltas a tua boca para o mal, e a tua língua compõe o engano.

20 Assentas-te a falar contra teu irmão; falas mal contra o filho de tua mãe.

21 Estas coisas tens feito, e eu me calei; pensavas que era tal como tu, mas eu te argüirei, e as porei por ordem diante dos teus olhos:

22 Ouvi pois isto, vós que vos esqueceis de Deus; para que eu vos não faça em pedaços, sem haver quem vos livre.

23 Aquele que oferece o sacrifício de louvor me glorificará; e àquele que bem ordena o seu caminho eu mostrarei a salvação de Deus.

1 PSALMUS. Asaph.Deus deorum, Dominus, locutus estet vocavit terram a solis ortu usque ad occasum.

2 Ex Sion speciosa decore Deus illuxit,

3 Deus noster veniet et non silebit:ignis consumens est in conspectu eius,et in circuitu eius tempestas valida.

4 Advocabit caelum desursumet terram discernere populum suum:

5 " Congregate mihi sanctos meos,qui disposuerunt testamentum meum in sacrificio ".

6 Et annuntiabunt caeli iustitiam eius,quoniam Deus iudex est.

7 " Audi, populus meus, et loquar,Israel, et testificabor adversum te:Deus, Deus tuus, ego sum.

8 Non in sacrificiis tuis arguam te;holocausta enim tua in conspectu meo sunt semper.

9 Non accipiam de domo tua vitulosneque de gregibus tuis hircos.

10 Quoniam meae sunt omnes ferae silvarum,iumentorum mille in montibus.

11 Cognovi omnia volatilia caeli;et, quod movetur in agro, meum est.

12 Si esuriero non dicam tibi;meus est enim orbis terrae et plenitudo eius.

13 Numquid manducabo carnes taurorumaut sanguinem hircorum potabo?

14 Immola Deo sacrificium laudiset redde Altissimo vota tua;

15 et invoca me in die tribulationis:eruam te, et honorificabis me ".

16 Peccatori autem dixit Deus: Quare tu enarras praecepta meaet assumis testamentum meum in os tuum?

17 Tu vero odisti disciplinamet proiecisti sermones meos retrorsum.

18 Si videbas furem, currebas cum eo;et cum adulteris erat portio tua.

19 Os tuum dimittebas ad malitiam,et lingua tua concinnabat dolos.

20 Sedens adversus fratrem tuum loquebariset adversus filium matris tuae proferebas opprobrium.

21 Haec fecisti, et tacui.Existimasti quod eram tui similis.Arguam te et statuam illa contra faciem tuam.

22 Intellegite haec, qui obliviscimini Deum,ne quando rapiam, et non sit qui eripiat.

23 Qui immolabit sacrificium laudis, honorificabit me;et, qui immaculatus est in via, ostendam illi salutare Dei ".