Salmos 28

1 A ti clamarei, ó Senhor, Rocha minha; não emudeças para comigo; não aconteça, cal ando-te tu para comigo, que eu fique semelhante aos que descem ao abismo.

2 Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar, quando levantar as minhas mãos para o teu santo oráculo.

3 Não me arrastes com os ímpios e com os que praticam a iniqüidade; que falam de paz ao seu próximo, mas têm mal nos seus corações.

4 Dá-lhes segundo as suas obras e segundo a malícia dos seus esforços; dá-lhes conforme a obra das suas mãos; torna-lhes a sua recompensa.

5 Porquanto não atentam às obras do Senhor, nem à obra das suas mãos; pois que ele os derrubará e não os reedificará.

6 Bendito seja o Senhor, porque ouviu a voz das minhas súplicas.

7 O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei.

8 O Senhor é a força do seu povo; também é a força salvadora do seu ungido.

9 Salva o teu povo, e abençoa a tua herança; e apascenta-os e exalta-os para sempre.

1 David.Ad te, Domine, clamabo;Deus meus, ne sileas a me.Ne quando taceas a me,et assimilabor descendentibus in lacum.

2 Exaudi vocem deprecationis meae, dum clamo ad te,dum extollo manus meas ad templum sanctum tuum.

3 Ne simul trahas me cum peccatoribuset cum operantibus iniquitatem.Qui loquuntur pacem cum proximo suo,mala autem in cordibus eorum.

4 Da illis secundum opera eorumet secundum nequitiam adinventionum ipsorum.Secundum opus manuum eorum tribue illis,redde retributionem eorum ipsis.

5 Quoniam non intellexerunt opera Dominiet opus manuum eius,destruet illos et non aedificabit eos.

6 Benedictus Dominus,quoniam exaudivit vocem deprecationis meae;

7 Dominus adiutor meus et protector meus,in ipso speravit cor meum, et adiutus sum,et exsultavit cor meum,et in cantico meo confitebor ei.

8 Dominus fortitudo plebi suae,et refugium salvationum christi sui est.

9 Salvum fac populum tuum et benedic hereditati tuaeet pasce eos et extolle illos usque in aeternum.