Salmos 63

1 Ó Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água;

2 Para ver a tua força e a tua glória, como te vi no santuário.

3 Porque a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão.

4 Assim eu te bendirei enquanto viver; em teu nome levantarei as minhas mãos.

5 A minha alma se fartará, como de tutano e de gordura; e a minha boca te louvará com alegres lábios,

6 Quando me lembrar de ti na minha cama, e meditar em ti nas vigílias da noite.

7 Porque tu tens sido o meu auxílio; então, à sombra das tuas asas me regozijarei.

8 A minha alma te segue de perto; a tua destra me sustenta.

9 Mas aqueles que procuram a minha alma para a destruir, irão para as profundezas da terra.

10 Cairão à espada; serão uma ração para as raposas.

11 Mas o rei se regozijará em Deus; qualquer que por ele jurar se gloriará; porque se taparão as bocas dos que falam a mentira.

1 PSALMUS. David, cum in deserto Iudae commoraretur.

2 Deus, Deus meus es tu, ad te de luce vigilo.Sitivit in te anima mea,te desideravit caro mea.In terra deserta et arida et inaquosa,

3 sic in sancto apparui tibi,ut viderem virtutem tuam et gloriam tuam.

4 Quoniam melior est misericordia tua super vitas,labia mea laudabunt te.

5 Sic benedicam te in vita meaet in nomine tuo levabo manus meas.

6 Sicut adipe et pinguedine repleatur anima mea,et labiis exsultationis laudabit os meum.

7 Cum memor ero tui super stratum meum,in matutinis meditabor de te,

8 quia fuisti adiutor meus,et in velamento alarum tuarum exsultabo.

9 Adhaesit anima mea post te,me suscepit dextera tua.

10 Ipsi vero in ruinam quaesierunt animam meam,introibunt in inferiora terrae,

11 tradentur in potestatem gladii,partes vulpium erunt.

12 Rex vero laetabitur in Deo;gloriabuntur omnes, qui iurant in eo,quia obstructum est os loquentium iniqua.